A minha experiência de 3 dias de My Brute

mybrute_fight

O My Brute é, para quem não, conhece, é um dos micro-jogos de beat-em-up, vulgo porrada, mais populares actualmente. Este jogo é fascinante na medida em que é um jogo de ver, não de jogar.

Criado o nosso lutador, podemos escolher o adversário que queremos enfrentar, até perfazer um máximo de 3 combates diários. O objectivo é aumentar a experiência e subir de nível, melhorando os atributos da criatura e ir recebendo novas armas e poderes. Tudo somado, Isto requer de nós uns meros 8 cliques por dia. Nada mau. Uma vez iniciado o combate, podemos recostar-nos na cadeira e ficar a observar o nosso pupilo enquanto vai tentando distribuir um arraial de pancada no adversário. Tudo isto decorre de forma bastante ordeira. Nada de combates caóticos, aqui a malta é educada. Os socos vão-se sucedendo à vez, numa lógica de ora dás-tu-ora-dou-eu. Que diversão!

Após alguns combates, subo de nível e recebo uma perigosíssima faca. Bestial, pensei, agora vou poder brandir esta arma branca e afugentar os meus opositores ou, pelo menos, ganhar vantagem. Engano meu! Vou eu combater munido deste novo acessório e, para meu espanto, o meu boneco continua a usar o soco e o pontapé, esquecendo-se que na algibeira traz uma faca que pode provocar sérios estragos. É novo,  tenho de dar tempo ao tempo. Novo combate, a faca é usada como deve ser, vitória fácil. Já está a aprender, pensei.

Mais uma vez, estava redondamente equivocado. Munido de uma auto-confiança inflaccionada, ou talvez tendo visto os filmes da saga Kill Bill, começou a inventar. Em vez de partir para cima do adversário cheio de raiva e de lhe crivar a faca em cheio no coração, como uma pessoa normal, resolve arremessá-la, acertando de raspão e com pouca força no adversário. Este não se ficou a rir e pegando, na faca, virou o feitiço contra o feiticeiro, dando uma abada ao meu lutador. Que estupidez. Não! Eu bem me fartei de berrar em plenos pulmões para o moço, mas ele preferiu ignorar as minhas instruções. Isto é demais para mim. Ao fim do 3º dia, desisti.

24 de Julho de 2009

One response to A minha experiência de 3 dias de My Brute

  1. Pirata said:

    Embora um pouco tarde, vou exprimir aqui uns pensamentos:
    Tive a tristeza de jogar mybrute durante meses (todos os dias sem falha), tinha dois brutes e cheguei a nivel 12 com um e nivel 13 com outro. Umd ia fartei-me daquilo e num mais pus lá os pés 😛
    Tenho que confirmar que aquilo tem coisa bastantes estúpidas lol
    O mybrute tem um bug enorme e absurdo: podes combater contra ti mesmo, num combate em que apareces a correr, embates sucessivamente numa parede invisível até morreres, e no final, diz que ganhaste e que perdeste o combate, e tens direito a 3 pontos da vitória.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *