O futuro vem aí, disse-me um senhor no café

Eu con­sigo pre­ver o futuro.” disse Simone a Aquilino.

A sério?” Aqui­lino estava visi­vel­mente sur­pre­en­dido com esta afirmação.

Sim. Tenho pode­res a nível da pre­mo­ni­ção de acon­te­ci­men­tos vindouros”

Isso é bas­tante  inte­res­sante. Mais inte­res­sante até do que o facto de teres pé de atleta, facto que des­co­bri na semana pas­sada da pior forma enquanto con­cre­ti­zava aquele meu feti­che. No entanto estou bas­tante cép­tico em rela­ção a isso e apro­veito para cru­zar tanto os bra­ços como as per­nas, sina­li­zando tam­bém o meu cep­ti­cismo atra­vés da minha lin­gua­gem corporal.

Não acre­di­tas em mim? Estás-me a cha­mar men­ti­rosa?” Simone estava irritada.

Ai, estou feito. Já várias mulhe­res me con­fron­ta­ram com esta ques­tão e nunca ter­mi­nou bem. Pela minha expe­ri­ên­cia o melhor a fazer é atirar-me ao chão, colocar-me em posi­ção fetal e só vol­tar a falar na pre­sença do meu advogado.”

Simone deteve-o. “Não faças isso, não é neces­sá­rio che­gar a tanto. Vou-te pro­var que estou a dizer a ver­dade. Pergunta-me qual­quer coisa sobre o futuro.”

Está bem. Ora deixa cá ver. Ah, já sei! Diz-me, quem vai ser o ven­ce­dor do cam­pe­o­nato mun­dial femi­nino de cur­ling do pró­ximo ano? ”

Cur­ling? Não sei o que isso é.”

Devo-te dizer que estás a pas­sar ao lado de um des­porto tem muito de bonito, emo­ci­o­nante e até de higié­nico. Junta-se o útil ao agra­dá­vel. A pista fica bem relu­zente dado o vigor com que os par­ti­ci­pan­tes esfre­gam o gelo, é tudo gente muito asse­ada. Seria giro trans­po­rem a mesma lógica para o fute­bol e pas­sa­rem a jogar com máqui­nas de cor­tar relva. Poupava-se muito em manu­ten­ção do ter­reno de jogo”.

É capaz, mas assim sendo não posso fazer essa pre­vi­são. Os meus pode­res não se apli­cam a coi­sas cuja defi­ni­ção eu desconheço.”

Mmm, está bem.” Aqui­lino afa­gou a barba “Então cá vai outra: alguma vez será des­co­berta a cura para a calvície?”

Sim sim, muito em breve.”

Muito em breve? Mas quando, ama­nhã, de hoje e 8, daqui a 5 anos?”

Sim, pode ser!”

Isso é uma res­posta muito vaga. Eu diria que isso é uma estu­pi­dez, mas como ainda faço ten­ções de dor­mir con­tigo nova­mente opto antes por afir­mar que isso me soa a charlatanice.”

Nada disso! Por exem­plo, posso usar os meus pode­res para te dizer que irás rece­ber uma esta­lada muito em breve.”

“Uma esta­lada? Mas de quem?” Mal estava Aqui­lino a ter­mi­nar estas pala­vras, Simone desfere-lhe uma esta­lada com tanta força que pro­va­vel­mente lhe des­lo­cou tanto o maxi­lar como a sua masculinidade.

Vês, eu não te dizia? É bem feito. É para apren­de­res a não duvi­dar de mim!”

Coi­sas que acon­te­cem com alguma regu­la­ri­dade
A melhor das inten­ções

Write a comment

Name *

E-mail *

Website

Message *

0 Comments

There are no comments yet.

Balloons theme by
Moargh.de