Problemas que podem arreliar certas pessoas a partir de 2050

Vou-vos então maçar com pro­ble­mas que apo­quen­tam o dia-a-dia de Gló­ria. Gló­ria, na rea­li­dade, não existe, já que nin­guém tem paci­ên­cia para escu­tar os pro­ble­mas de ter­cei­ros, a não ser que se tra­tem de pro­ble­mas que afli­jam per­so­na­gens ficcionais.

Este espé­cime do sexo mas­cu­lino tem pro­ble­mas ao nível do rela­ci­o­na­mento inter-pessoal. É bem-parecida, elo­quente, fala 6 lín­guas, pos­sui um odor cor­po­ral agra­dá­vel, mas não tem ami­gos. Logi­ca­mente, isto deve-se ao facto de ela pos­suir uma con­di­ção médica, a nível da cabeça (para ser mais espe­cí­fico), que a impos­si­bi­lita de lidar com tudo o que seja tec­no­lo­gia. Gló­ria não con­se­gue manu­sear tele­mó­veis, com­pu­ta­do­res, o con­trolo remoto da tele­vi­são, nem sequer um micro­on­das. Como a esma­ga­dora mai­o­ria das pes­soas da sua gera­ção opta por se rela­ci­o­nar exclu­si­va­mente atra­vés da inter­net e do tele­mó­vel, o eclo­dir de toda uma panó­plia de poten­ci­ais ami­za­des fica desta forma vedada a Gló­ria, a info-excluída.

Esta uma situ­a­ção que me deixa par­ti­cu­lar­mente triste, ainda para mais tratando-se de um pro­blema que apo­quenta uma per­so­na­gem fic­ci­o­nal. É que, con­ve­nha­mos, as per­so­na­gens fic­ci­o­nais não pos­suem sequer um ende­reço de e-mail que pos­sa­mos uti­li­zar para enviar umas pala­vras de conforto.

Amor sem fim e sem chulé
O ban­di­tismo

Write a comment

Name *

E-mail *

Website

Message *

2 Comentários

  • Rafeiro Perfumado

    Conheço algu­mas pes­soas que sofrem do mesmo mal que a Gló­ria, deviam tro­car e-mails. Ah, pois…

    PS: por­que raio é que dizes que a Gló­ria é um espé­cime masculino?

    04/18/12 – 9:29

  • José Durães

    Olha, exis­tem 4 expli­ca­ções para isso, mas a mais acer­tada é que sou totó e cometi um lapso. Deve ler-se “espé­cime femi­nino”. É que ela nem sequer tem bigode, por­tanto nem se com­pre­ende o meu erro.

    04/18/12 – 13:17

Balloons theme by
Moargh.de